It's gift time! - diarinho #3

21 de dezembro de 2017

Quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Um pouco mais de dois meses atrás fui assaltada. Levaram a mochila com todas as coisas do curso modelagem, minha pasta cheia de moldes (tudo bem organizado) e as réguas, que juntas somam uma pequena fortuninha. Levaram chaves, levaram o suéter favorito do meu namorado, levaram os imãs bonitos que minha irmã trouxe da Dinamarca e eu usava clandestinamente para recolher os alfinetes espalhados pela mesa. Levaram também meu celular, que estava mais para lá do que para cá mas ainda funcionava e o mais importante: era meu. Desde então divido o celular com minha mãe, que também não é lá aquelas coisas, mas é possível ligar então tamo aí.

Aí teve Black Friday, e teve promoção boa, e teve compra no boletão. Estou no aguardo dos Correios, que deveriam entregar no serviço do Bruno, mas os espertos estão aparecendo lá depois do horário comercial, quando não há ninguém para receber. Assim dificulta, né.

* * *

Ontem foi o último dia de aula antes das férias. Não era aula-aula de verdade, a professora só daria as devolutivas (conversar com a professora sobre os pontos fortes e fracos do desempenho em aula, devolução do projeto final e nota – tirei A!!!), depois amigo secreto e comidas. Eu dei dois pares de meias fofas para a Mari S. e recebi uma blusa cropped muito linda da Eli G. Depois que todo mundo foi embora, fui para a sala de costura terminar o casaco de moletom. Ficou ridículo, mas consegui. Ainda bem que não depositei muitas esperanças nele nem gastei um tostão com materiais, usei tudo que tinha ganho da minha tia que costura. Sorte.


Quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Percebi o quanto fiquei cagona com o passar do tempo. Quando criança sempre fui uma menina ativa, sem medo de nada, de viver em cima de todas as árvores do mundo, pular de qualquer altura, subir pelas cortinas. Hoje meu pai estava no telhado e precisou que eu alcançasse uma ferramenta para ele. Para realizar tal feito eu só precisava subir uma escada de madeira feita em casa e bem longe do Inmetro. Subir foi tranquilo, peguei impulso e quando vi estava lá, mas descer… meu Deus… DESCER. Como foi difícil. Coração ficou na boca e achei que aquela seria a minha morte por motivo besta.

Tô com vergonha de admitir para a Marina de 8 anos que me tornei o que mais temia (na época): uma adulta fresca e com medo de altura.

* * *

CELULAR CHEGOU!!!!!! Finalmente, não aguentava mais a espera do dito cujo. É um Moto G5s comprado na promoção da Black Friday. Meu namorado tá com tanto olho pra cima dele do tanto que achou bonito que se quebrar já sei de quem foi a culpa.

* * *

Ontem eu e Bruno fomos no cinema ver Star Wars: Os Últimos Jedi. Achei que fizeram um ótimo material para produção de muitas fanfics mundo afora. Tem arminhas e comédia romântica na medida certa – fora que FINALMENTE tem capanga do mal que luta de verdade. O sorriso da Daisy Ridley sempre me abala.

0 comentários :

Postar um comentário

 

Follow by Email

Theme e conteúdo por Marina R. - © Marina's Journal 2011 ~ 2017