Finge que isso aqui é uma Moleskine - diarinho #1

7 de dezembro de 2017
Quinta-feira, 07 de dezembro de 2017

Sinto falta de escrever. Talvez não falta de verdade, porque tenho consciência que nunca escrevi tão bem assim (demorei uma faculdade para descobrir isso) e a vida me fez perceber que acho um saco escrever de uma forma geral. Dito isso, gosto de olhar para textos antigos e saber exatamente o que eu estava sentindo enquanto escrevia. É disso que gosto e sinto falta.

* * *

Tenho várias coisas pendentes aqui e muitas preguiças acumuladas. Vejamos: minha irmã vem para casa dos meus pais amanhã, sexta-feira, pela primeira vez depois de quase um ano morando no interior. Tenho que arrumar o quarto – antes também dela – tá uma zona, é o lugar em que faço meus trabalhos, tem papel e tecido e bagunça por tudo. Também preciso transformar uma saia em um calção, como vou fazer isso ainda não sei, mas precisa ser até sábado. Tem a regata da minha mãe que preciso terminar. Tem o molde de um casaco de moletom a ser feito, e preciso cortar o tecido e costurar e deixar tudo pronto até segunda (com a ficha técnica). E aaaah, nesse final de semana ainda preciso comprar um presente para minha amiga secreta. Amei que na lista de presentes ela foi bem clara nas coisas que gostava, mas de um modo geral eu nunca sei presentear ninguém. E a conta de luz, preciso pagar a conta de luz.

E ah, não deixei registrado ainda em nenhum lugar, mas agora vai: mudamos de apartamento dentro do mesmo condomínio. É maior, mais iluminado, mais ventilado, mais bonito porém com o mesmo valor. Ótimo. O que não tá ótimo é a vontade de fazer muitas coisas e acabar sempre deixando para depois. Quero lixar a estante da sala, a penteadeira do quarto e o armário da cozinha, porque é tudo antigo de brique e precisa de uma repaginada, mas e o tempo? E a vontade? E o pó que sai da lixa e vai direto no pulmão? Mas sou confiante e uma hora isso acontece.

E mais um ah!: tenho agora uma cachorrinha, coisa que nunca tive antes na vida. Pegamos ela porque mudamos para um apartamento maior e com varanda (esqueci de mencionar a varanda lá em cima – foi o fator que realmente fez a gente mudar). É uma golden retriever, tem 2 meses e meio e já tá perto dos 10kg. É uma cavala fofa e cagona. Talvez ela seja o nosso teste de responsabilidade antes de ter filhos? Fica o suspense no ar.

Jesus amado, eu to ficando velha.

0 comentários :

Postar um comentário

 

Follow by Email

Theme e conteúdo por Marina R. - © Marina's Journal 2011 ~ 2017